segunda-feira, 5 de setembro de 2016

As — muitas — estações da alma... por Lunna Guedes



[...]
“Há o perigo de um grito lindíssimo
quando andas assim comigo no invisível”

In: "Pena Capital", de Mário Cesariny




Depois de ler “a construção da primavera”, na companhia de um expresso ristretto... concluí que a vida é feita de pausas. Sim, eu já sabia disso... mas, na contramão da realidade, algumas coisas nos escapam.

Deixamos de olhar para o lado e perceber a cadeira vazia... o feixe de luz que desce sobre a mesa, junto à xícara em estado de abandono, com restos de nós... café! Usamos óculos para corrigir pequenos erros de visão... e acabamos por perder instantes inteiros, uma vida inteira.

A realidade não é fácil, admito... e, viver tanto tempo se alimentando da ilusão, acaba virando desculpa para o "não ver"... aquele sol da manhã a colorir a paisagem, caramelando as nossas sensações. O sinal fechado para as idas e vindas. A rua vazia com suas casas em pares...

Nos dias atuais, de tanto ler, acabo por não ler... apenas enxergo palavras a compor frases. Virou um gesto mecânico. Tropeço no ato do "ser melhor", sempre quase uma obsessão. Acuso a incapacidade de ler... e lamento ser refém de um desejo: a perfeição. Perder a poesia, não alcançar as metáforas.

Contudo, ao ler-te... me afastei de mim mesma e percebi, por um instante (breve-imenso, não sei...), que, quando um livro é bem escrito, a poesia acontece e interfere na pele, na alma... a partir dos olhos. Por isso, digo com algum prazer e imensa satisfação – que eu me perdi de todos os mapas que trago em mim.

Escrever, para mim, sempre foi respirar, e ler... perder o ar! Ler as linhas de Adriana Aneli minha autora em ordem-desordem, orientadas por estações próprias (do ano) da vida... me fez perceber o prazer de conjugar certos verbos, sem preocupações de técnica e didática apenas leitura, como da primeira vez em que me brindaram com um livro e, em estado de espanto-encantamento: devorei faminta um punhado de páginas...


Lunna Guedes 

Os livros da editora Scenarium são artesanais
e podem ser adquiridos através do site:https://scenariumlivrosartesanais.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário