quarta-feira, 27 de julho de 2016

GRATIDÃO, por Nida del Guerra Ferioli

pinterest


Amigos e amigas nascidos nos longínquos anos 20... Vocês conseguem pensar o quão afortunados somos, ao chegar ao ano 2016, ainda com a força necessária para trabalhar, cada um no seu ramo, conviver com os nossos amigos e parentes, passeando, interessando-nos pelas notícias diárias, participando dos fatos bons e maus que os jornais nos trazem? Todos os dias, vivendo intensamente com 90 e tantos anos!

Pensando nisso, um dia destes, calmamente disse a mim mesma: qual a minha atitude, diante do meu cotidiano viver? Qual a resposta que dou a tantos benefícios que recebo do Senhor?!

Pensem vocês também, meus contemporâneos amigos... porque uma só palavra me vem à mente: GRATIDÃO!

Eu agradeço. Em primeiro lugar a Deus e depois a todos e a tudo que “com essa idade” nós, os idosos, ainda conseguimos fazer e sentir. Então, mais do que nunca devemos agradecer não só os fatos de maior importância que nos acontecem, mas também os pequeninos, aparentemente irrelevantes, que  são os que realmente nos proporcionam felicidade.

Enfim, para concluir estes meus pensamentos:  reforço minha gratidão  a tudo e a todos que  nos ajudam a viver.

Gratidão: esta bela palavra! Belo sentimento para ser doado ao seu semelhante!

Até a próxima, meus queridos!
Nida



NIDA DEL GUERRA FERIOLI (95) é Conciliadora e Mediadora de Conflitos (formada em 2014); 

Professora de italiano; Autora do livro “Vivendo a Vida”. 


Um comentário:

  1. mais um tento lavrado, de sabedoria e compreensão: o que falta no mundo de hoje, bjs. Cae

    ResponderExcluir