quarta-feira, 1 de junho de 2016

VAIDADE


http://www.jrav.com.br/a-roupa-nova-do-rei-o-rei-esta-nu-hans-christian-anderson/


Olá, Meus queridos e amigas VAIDOSOS!

Confesso: gosto de me arrumar, de me enfeitar com alguns adereços; enfim quero e gosto de ser elogiada: uma criatura bem vestida, considerada de bom gosto nas escolhas no meu guarda-roupa e, por isso, eu me sinto vaidosa – que pretensão! dirão, meus queridos leitores.

Mas (eis o famoso mas) – será essa vaidade um pecado? Ou apenas a demonstração de que, aos 95 anos, nós mulheres ainda podemos ser, sabemos ser, senhoras elegantes?

Todo esse blá blá blá inicial, contudo,  não é somente para falar dos vaidosos que gostam do seu jeito de ser, do seu modo de vestir ou se arrumar para os amigos queridos e parentes. Simplesmente, não: quero mesmo é alertar sobre os vaidosos que se creem donos da verdade – alardeando qualidades intelectuais, pensamentos e regras, afirmando que somente o que eles acreditam e decidem é infalível.

Isto me preocupa muitíssimo, pois os interiormente vaidosos não sabem ser cautelosos com seus princípios; não têm capacidade e nem a sensibilidade de ouvir e se propor a raciocinar com os diversos discursos das pessoas que divergem da sua opinião.

A pessoa que pensa dessa forma nunca está disposta a dialogar ou  procurar compreender a opinião alheia.

Este é o VAIDOSO que sabe convencer os incautos que não têm opinião própria. Cuidado com eles, que além de se vangloriarem gratuitamente prejudicam, repito, os incautos que os ouvem.

Contemporâneos dos 90: sejam moderadamente vaidosos fisicamente ou dialogando... E sejam muito, muito cuidadosos com a vaidade que surge no nosso interior, a mais perigosa. 

Analisemos a nós mesmos, conscientemente.

Obrigada, meus queridos leitores, deixo um grande abraço a todos!

Nida










NIDA DEL GUERRA FERIOLI (95) é Conciliadora e Mediadora de Conflitos (formada em 2014); 
Professora de italiano; Autora do livro “Vivendo a Vida”. 

2 comentários:

  1. a jovem sabedoria de mulher corajosa; outra vez, parabéns pelo texto enxuto e direto

    ResponderExcluir