terça-feira, 22 de dezembro de 2015

A BONDADE


Como é bom ser bom!

Vocês notaram como é bom e reconfortante fazer o bem?! 

Ao praticar um ato de bondade “que deveria ser feito no nosso dia-a-dia” o meu eu fica mais sereno, mais tranquilo, mais leve. Quantos benefícios a bondade nos traz!

E então, eu me pergunto; por que uma grande parte da humanidade faz exatamente o contrário? Por que tanta maldade, por que tantas ignominias são praticadas neste mundo? O que eu ouço como resposta é ... isto é fruto da miséria, da fome etc. etc.

Sim esses são elementos fortes para atos desesperados, mas além disso eu acrescentaria algo que me preocupa: a falta de fé, a falta de acreditar em um Ser Superior, que nos possa ajudar, orientar a alcançar pequenas vitórias, que tornam-se grandes, quando alcançadas.

Digamos, por exemplo; um modesto emprego, uma moradia digna, enfim, o mínimo para a própria existência.

Será que algo com uma pequena dose de fé em Algo Superior, o mundo não seria melhor?

Vamos então, com humildade e fé, pedir ao nosso menino Jesus, que nesse dia, dedicado à comemoração do seu nascimento Ele nos ensine a sermos pessoas melhores, sim, a sermos bons e aprendermos a praticar o bem e dizer sempre: Como é bom, ser bom! 

Um abraço e augúrios para um ótimo Natal!

Nida

_______________________________________________________________________________
NIDA DEL GUERRA FERIOLI (94) é Conciliadora e Mediadora de Conflitos (formada em 2014); 
Professora de italiano; Autora do livro “Vivendo a Vida” 
e colaboradora muito especial do BAP

Nenhum comentário:

Postar um comentário