domingo, 28 de junho de 2015

Tempos Modernos



Imagem: http://www.selfieblog.net/tag/memes/

por Nida del Guerra Ferioli


O que poderei dizer aos meus amigos da 3ª idade; ou vocês preferem que eu os rotule como da melhor idade?

Querem saber o que eu realmente penso a respeito?!

Não gosto absolutamente nada de ser classificada por nenhum desses epítetos. Quero ser uma senhora de idade que continua vivendo em sociedade, com os problemas que aparecem, os percalços que a vida nos apresenta. Mas sejamos otimistas, temos momentos felizes, com as alegrias que surgem do nada. E então isto nos ajuda a continuar, vivendo intensamente, para voltar a estudar, ler, trabalhar, assistir a boas palestras que nos enriquecem mentalmente, ajudando-nos a usufruir a bendita internet.

Mas falando de informática, quero acrescentar um adendo “meu, somente meu”, vejamos: estava procurando uns documentos antigos, e então surgiram os meus antigos álbuns de fotografias... ao folheá-los, as minhas emoções vieram à tona de diferentes formas.

Ao rever após tantos anos essas figuras queridas de toda a minha família, retratadas em eventos; reuniões, viagens, casamentos, nascimentos e, por que não registrar também os momentos delicados e difíceis? Sabemos que fazem parte da vida. Foi nesse instante que as minhas emoções afloraram e apareceram de forma alegre, agradável, comovida, hilária, um tanto entristecida, mas satisfeita e alentada para continuar corajosamente a minha jornada.

Agora, voltando à nossa magnífica internet...

O que eu presencio hoje são todos os celulares do mundo tirando fotos e mais fotos instantaneamente reveladas. Isto sim que é progresso, maravilhoso.

Mas, se eu quiser revê-los e guarda-los devo pedir muito gentilmente à pessoa que nos fotografou nestes termos: “Será muito trabalhoso para você mandar revelar algumas fotos que nós pacientemente escolheremos entre todas as tiradas?!”

Agora digo eu: não era mais simples quando tirávamos as nossas fotos nas velhas máquinas fotográficas e levávamos aqueles rolinhos para revelar?

Perdoem-me amáveis leitores. São opiniões de uma senhora de idade que procura se atualizar, e aceitar com grande satisfação todas as novidades destes novos tempos.

Por isso, permitam-me ter uma recaída de vez em quando.


Obrigada,


Nida.



________________________________________________
_____________________

NIDA DEL GUERRA FERIOLI (94) é Conciliadora e Mediadora de Conflitos (formada em 2014); 
Professora de italiano; Autora do livro “Vivendo a Vida” 
e colaboradora muito especial do BAP


Nenhum comentário:

Postar um comentário