segunda-feira, 11 de maio de 2015

NAS VIELAS DA NOSSA LÍNGUA

Foto by Na tGeo

por Maria Balé


Um diálogo sobre outro assunto, e uma frase me abre para a verdade que estava lá, no lugar dela, desde sempre. Então, eu me dei conta de que a dramaticidade da palavra "sobrevivente" é uma alegoria, apenas. A vida não anistia, logo, por silogismo, todo ser que respira é um sobrevivente. O que faz a diferença é que algumas pessoas são ressentidas. Outras, sublimam e preservam a gratidão por ter sobrevivido. Agora, pelas minhas sinapses loiras, passam pessoas ressentidas e pessoas agradecidas. E a fila das primeiras é imensa. 





______________________________________________________________________
Maria Balé é  pós-graduada em Comunicação Corporativa pela PUC de São Paulo, 

fotógrafa, produtora de textos e escritora de contos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário