segunda-feira, 27 de abril de 2015

Olá meninos e meninas da 3ª idade


por Nida del Guerra Ferioli

Estou ausente há um mês das redes sociais, mas penso que vocês ainda estão lembrados de uma senhora de 90 anos que se assustou com a própria idade, etc, etc, etc.

Esta ausência serviu para que eu refletisse sobre os 90 anos passados e prossegui, até aos 94 que cheguei, buscando a felicidade.

Dirão vocês, meus queridos leitores, que coisa mais antiga! Quem não corre atrás dessa bendita felicidade! Sim, vocês têm toda razão... aí é que está o mas: na minha longa existência, cheguei a certas conclusões que, humildemente, gostaria de transmitir a vocês.

A felicidade não vem a nós como dádiva extraordinária; com esperanças mirabolantes; almejando realizações excepcionais, mas, principalmente, vem com as pequenas coisas da vida; como, por exemplo, as atenções e beijos que você recebe dos seus netos; o toque do telefone que anuncia a vinda das suas bisnetas para dormir em sua casa, a preparação de um chá com bolo feito por você para receber suas amigas.

Ir ao cinema e ter – a  sorte – de assistir a um bom filme, mãozinha dada com seu companheiro, poder ler um bom livro, participar de algum curso que estimule seu crescimento interior.


Enfim, não quero me alongar, mas, dirigindo-me especialmente às meninas e aos meninos da 3ª idade eu repito, “humildemente”: vivam, vivam plenamente a vida,  que é bela sabendo-a viver! A felicidade nos é presenteada em pequenos momentos fugazes ... é preciso saber aproveitá-los, com serenidade e bom humor.





_______________________________________________________________________________
NIDA DEL GUERRA FERIOLI (94) é Conciliadora e Mediadora de Conflitos (formada em 2014); 
Professora de italiano; Autora do livro “Vivendo a Vida” 
e colaboradora muito especial do BAP


Um comentário:

  1. Ah, quanta sabedoria! Emoção e gratidão, Nida. Parabéns por essa plenitude.

    ResponderExcluir