domingo, 11 de janeiro de 2015

POESIA NA BOCA: Homenagem à Leila Míccolis

***** POESIA NA BOCA - EDIÇÃO ESPECIAL *****

*****  HOMENAGEM À LEILA MÍCCOLIS *****

TRÊS POEMAS DA AUTORA
nas vozes de Chris Herrmann, Adriana Aneli e Paulo Magalhães

TOCAIA

Quando te encontro sem que te assustes,
sem que te encoste contra a parede,
sem que puxes o cabelo,
desesperado,
sem que peças o último pedido,
como um condenado desperto na madrugada da execução,
sem que te sintas sufocado e preso entre dois andares,
sem que te firam vidros e te cortem pulsos,
pressinto ser inútil a emboscada.


NOVO AMOR

Meu coração nunca pára
pra comparar, solta amarras,
vive seu tempo presente:
se ferido, em mim se ampara;
mas quando sara e se sente
contente, fica eloquente,
feito algazarra de araras.


ATIRADOR DE FACAS

Arrancar as vendas
e acompanhar,
de olhos abertos,
a trajetória do punhal,
cravado em nosso corpo, em nosso peito,
a cada amor desfeito.


- Leila Míccolis:
Carioca, Mestre, Doutora e com Pós-Doutorado em Teoria Literária (UFRJ), escritora de livros (30 editados, poesia e prosa, com obras publicadas na França, México, Colômbia, África, Estados Unidos e Portugal), escritora de novelas de TV, entre elas: “Kananga do Japão”, “Barriga de Aluguel” e “Mandacaru”, teatróloga, roteirista de cinema. Elaborou verbetes para a “Enciclopédia de Literatura Brasileira” (MEC/OLAC). Coedita, com Urhacy Faustino, Blocos Online, na Internet há dezoito anos. Em 2012 publicou pela Annablume, SP, o livro “Desfamiliares” – Poesia Completa 1965 – 2012.


Nenhum comentário:

Postar um comentário